Pesquisar este blog

terça-feira, 17 de agosto de 2010

A combinação perfeita entre o gás e a água

Quem tem aquecedor a gás (como eu) levanta as mãos para os céus nestes dias de frio. O banho fica quentinho, quentinho e a gente tem que se controlar para não gastar água demais. O problema é que até que a água aqueça, um tanto de líquido é desperdiçado.

A primeira regra básica a gente já sabe: devemos aproveitar esta água para outras coisitas (lavar roupas íntimas, tirar o restinho das embalagens que vão para reciclagem e por aí vai). Mas outro dia um técnico do aquecedor que veio aqui em casa me ensinou outra regra básica. Temos que ajustar o aquecedor corretamente para economizar água e gás.
A história é a seguinte. Se a gente usa as duas torneiras, a água fria e a água quente ficam brigando lá dentro do cano para ver quem tem mais força e chega até nós, por isso a temperatura muda durante o banho e a gente tem que ficar “temperando” a água... Um pouco mais quente, um pouco mais fria. Esta briga gera desperdício de água, por isso a combinação perfeita terá sido encontrada quando você não precisar abrir a torneira da água fria e tiver a quantidade e temperatura de água quente regulada lá no aquecedor.
Como fazer? Bom, depende totalmente do tipo de aquecedor que você tem. Pode ver no manual ou aproveitar o técnico quando ele vier fazer a revisão. O meu aquecedor, por exemplo, tem um regulador do gás (que determina o tamanho da chama) e outro regulador do fluxo da água. Arrumando os dois no ponto certo só preciso abrir a água quente. E, claro, conforme os dias forem esquentando tem que ajustar para que a água fique menos quente.

5 comentários:

  1. Nosso Twitter http://www.twitter.com/encontrecaparao é responsável pela divulgação da Região do Caparaó Capixaba, considerada uma das regiões mais bonitas do Brasil, localizada no Estado do Espírito Santo.

    Formada por 11 municípois, a região do Caparaó Capixaba, possui muitas belezas naturais, dentre elas: Serra do Caparaó, Pico da Bandeira e Cachoeira da Fumaça, possuindo um circuito de eventos e muitas festividades.

    Venha conhecer umas das mais atraentes regiões do Brasil!

    Esperamos você em nosso Twitter!

    Abs!

    ResponderExcluir
  2. Muito legal! Eu não sabia disso. Aqui em casa, o chuveiro é elétrico, mas sempre me incomodo com o gasto extra de água quando estou em algum hotel que tem aquecimento a gás e fico "brigando" com as torneiras de água quente e fria.
    Denise

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro o aquecedor a gás, mas realmente rola um desperdício. O meu então que é velhinho (mas muito bom) demora um pouco a esquentar a água e não dá pra fechar a torneira para se ensaboar e passar shampoo, por isso o banho tem que ser mais rápido, mas que sacrifício sair debaixo dessa água gostosa.
    Bom, mesmo assim eu ainda acho que o chuveiro a gás desperdiça menos que o elétrico que gasta horrores de energia, não compensando o gasto de água (que podemos captar e reutilizar) e de gás (que é bem menor, sem dúvida).
    Ana Oliveira
    http://vidamaximizada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Parece que vc leu meus pensamentos...
    Aqui em casa o chuveiro é a gás e eu ficava triste a cada vez que ia tomar banho, vendo a água descer ralo abaixo.
    Uso 2 técnicas: 1) Aproveito para lavar a calcinha e também o rosto com água fria, prá 'tentar' diminuir a oleosidade;
    2)Deixo um balde lá dentro do box. Meu noivo odeia mas tb usa o balde. A água eu uso prá molhar as plantas e fazer a limpeza da casa. Às vezes uso para colocar no vaso sanitário.

    Adorei sua dica!!!
    Morri de rir com : 'a água fria e a água quente ficam brigando lá dentro do cano para ver quem tem mais força e chega até nós'...

    ResponderExcluir
  5. Bem lembrado, preciso levar o balde para o box também.

    ResponderExcluir